fbpx

Como implantar a sinalização de segurança

Promover um ambiente de trabalho seguro para todos os colaboradores deve ser prioridade em qualquer empresa. Nesse sentido, a sinalização de segurança se mostra uma importante aliada dos gestores na hora de tornar o ambiente laboral mais adequado e garantir a integridade da equipe.

Considerada uma importante medida de segurança para locais de trabalho, a sinalização pode e deve estar presente em empresas dos mais variados segmentos, como indústrias, escritórios, hospitais, entre outros.

Afinal de contas, a sinalização voltada à segurança é um eficiente meio de comunicação que orienta corretamente os colaboradores quanto aos riscos existentes no local de trabalho e procedimentos a serem adotados.

Se a sua empresa ainda não investe em sinalização de segurança, confira no artigo como colocar em prática essa importante medida de prevenção.

O que é sinalização de segurança?

A sinalização de segurança representa uma série de elementos de comunicação visual utilizados para garantir a proteção em ambientes onde há a circulação de pessoas, auxiliando na identificação de áreas de perigo, sinalizando os riscos que podem ocorrer e informando as medidas de segurança mais adequadas para cada situação.

Este tipo de sinalização deve estar presente em empresas, indústrias, escritórios e demais locais de trabalho, conforme estipulado pela NR-26, Norma Regulamentadora que impõe medidas relativas à sinalização de segurança nos ambientes laborais.

Dentre os elementos utilizados para sinalizar os ambientes, podemos citar placas, cores, faixas, sinais sonoros e muitos outros que auxiliam na prevenção de acidentes, indicam a localização de equipamentos de segurança e delimitam áreas de risco.

Como colocar em prática?

Quando aplicada em conjunto com as medidas de segurança adequadas para cada ambiente de trabalho, essa sinalização ajuda a prevenir os riscos e reduzir os acidentes laborais.

Mas como colocar em prática este tipo de sinalização no ambiente de trabalho? Para implementar a sinalização de segurança no trabalho, é preciso garantir a conformidade com as normas apresentadas na NR-26, adotando as seguintes ações:

  • Realizar um planejamento prévio: a partir do mapeamento de riscos e do auxílio de profissionais especializados em segurança de análise, é possível estruturar a aplicação da sinalização nos ambientes da empresa. 
  • Evitar a variação de cores: para evitar confusões com a sinalização de segurança, é necessário utilizar as cores padronizadas pelas normas técnicas. Afinal, as diferentes tonalidades são utilizadas para delimitar áreas, identificar equipamentos de segurança, advertir contra riscos e locais de perigo, etc.   
  • Utilizar os termos corretos: além de evitar a variação de cores, é importante também utilizar os termos adequados na sinalização de segurança, como, por exemplo, perigo para indicar alto risco, cuidado para médio risco e atenção para risco leve.  
  • Respeitar a padronização: a reação do observador frente à sinalização de segurança deve ser automática. Por isso, é fundamental padronizar os sinais e avisos de segurança para que todas as pessoas consigam interpretar as sinalizações e compreender cada informação. 

Com estas medidas, é possível colocar em prática um proejto de segurança em sua empresa, otimizando a qualidade do ambiente de trabalho, proporcionando mais proteção e tranquilidade para os colaboradores e, consequentemente, aproveitando melhores resultados.

Para saber mais sobre o uso de placas de sinalização, confira outros artigos aqui!

Onde solicitar estas placas

Na hora de investir em sinalização de segurança para a sua empresa, conte com um parceiro reconhecido no mercado e com a expertise necessária.

O Grupo CB possui ampla experiência em projetos de comunicação visual e conta com diversas soluções de placas de sinalização para comércios e empresas dos mais variados segmentos.

No Grupo CB, você encontra opções de placas CIPA, fotoluminescentes, de segurança e muitas outras para sinalizar os seus espaços e garantir a integridade de todos os colaboradores.

Nossas placas de sinalização são fabricadas a partir de impressão digital de alta resolução e obedecem os padrões de cores estipulados pela NPT – 020.

Entre em contato com a nossa equipe comercial e solicite um orçamento de placas de sinalização para o seu ambiente.

Para garantir um ambiente de trabalho estimulante, convidativo e confortável para profissionais, clientes e parceiros, as empresas devem apresentar muito mais do que salas repletas de mesas e cadeiras. A sinalização corporativa, por exemplo, se mostra um componente essencial dentro das organizações.

Afinal, o uso de elementos de sinalização, como placas decorativas, informativas e de segurança, traz mais organização e proteção para o local de trabalho, facilitando a rotina de quem frequenta o espaço.

Mas não é só isso!

Investir em sinalização corporativa interna representa diversas outras vantagens para as empresas. Saiba mais sobre o assunto no artigo!

A importância da sinalização corporativa

A sinalização corporativa nada mais é do que a instalação de placas, totens e letreiros com imagens e textos no ambiente empresarial. 

Uma boa estratégia de sinalização corporativa soluciona questionamentos comuns em uma empresa, como a direção dos banheiros, a disponibilidade de bebedouros, a localização de diferentes setores, a presença de elevadores, a indicação de saídas de emergência, etc.

Dessa forma, através de placas, adesivos no chão e nas paredes, letreiros e demais recursos, a sinalização corporativa interna auxilia tanto a equipe de colaboradores na rotina diária quanto os clientes, parceiros e visitantes que circulam pela sede da empresa. 

Além de otimizar o espaço interno, deixando-o mais agradável para as pessoas, organizado e personalizado, esta sinalização pode ainda facilitar a compreensão de todos, trazendo maior praticidade para o dia a dia e impactando positivamente a visão que clientes e colaboradores têm da empresa.

Tipos de sinalização corporativa

Como você conferiu, existem diversas informações que podem ser comunicadas através da sinalização corporativa. Por isso, na hora de investir em placas e letreiros para o seu negócio, vale conhecer as diferentes categorias de sinalização para empresas:

  • Sinalização de segurança
    Indispensável em qualquer ambiente profissional, a sinalização de segurança é aquela que indica perigo ou ações a serem tomadas em situações de emergência.

    As placas de segurança podem sinalizar saídas de emergência, indicar a localização de extintores de incêndio, alertar para piso molhado, informar o Quadro Cipa, entre outras.  
  • Sinalização arquitetônica
    A sinalização arquitetônica é utilizada para orientar as pessoas que circulam pelo espaço, indicando a localização de banheiros, elevadores, recepção, salas e setores da empresa, pisos, etc.

    Esta sinalização pode ser feita através de placas, totens, adesivos personalizados ou letra caixa, proporcionando maior ordem e organização aos ambientes e direcionando o fluxo de pessoas. 
  • Sinalização promocional
    A sinalização promocional, por sua vez, é usada para chamar a atenção dos clientes, seja para uma ação promocional ou para determinada área do estabelecimento.

    Este tipo de sinalização é muito utilizado em lojas e estabelecimentos comerciais.  

É importante lembrar que a sinalização corporativa compõe a comunicação visual da empresa, portanto, ela deve estar adequada à imagem da instituição.

Dessa forma, com exceção da sinalização padronizada de segurança, toda a comunicação através de placas, adesivos, letra caixa e demais elementos deve respeitar as cores e a identidade da empresa.

Com isso, é possível manter um visual agradável em todo o ambiente interno da organização, desde o mobiliário até as placas.

Grupo CB: soluções em sinalização corporativa

O Grupo CB possui sólida experiência em projetos de comunicação visual e oferece diversas soluções para compor a sinalização corporativa da sua empresa.

Confira alguns de nossos serviços:

  • Placas de segurança
    Respeitando os padrões de cores estipulados pela NPT-20, nossas placas de segurança são produzidas em impressão digital de alta resolução e podem ser utilizadas por indústrias e empresas de diversos ramos para otimizar a segurança no trabalho;

 

  • Placas de identificação
    Estas placas são utilizadas na comunicação visual para indicar setores e locais, transmitir regras e procedimentos de segurança, orientar o acesso e otimizar o fluxo de pessoas;

 

  • Letra caixa
    As letras caixa podem compor painéis instalados na recepção ou em salas de espera, apresentando o nome da empresa e seu logotipo em alto relevo, de forma elegante e moderna. Em ambientes internos, estes painéis em letra caixa geralmente representam o primeiro contato do público e dos colaboradores com a organização. 

Mas não é só isso!

O Grupo CB ainda oferece diversas outras soluções de sinalização corporativa, como placas de perigo, de atenção, fotoluminescentes e da Cipa, adesivos personalizados para piso, parede e portas, entre outras.

Nossa equipe de especialistas está pronta para atender à sua demanda!

Traga seu projeto para o Grupo CB e conte com soluções personalizadas para o seu ambiente corporativo.

Entre em contato conosco e saiba mais!

Qualquer ambiente de trabalho, seja uma indústria ou escritório, oferece riscos para os colaboradores. Pensando nisso, é dever das empresas utilizar dispositivos como a placa de sinalização de segurança para preservar a integridade da equipe e reduzir riscos de acidentes.

Afinal, os locais de trabalho são espaços que registram uma grande circulação de pessoas todos os dias.

Se a sua empresa ainda não conta com placas de sinalização de segurança, confira no artigo porque elas são tão importantes nos ambientes de trabalho.

Conheça a placa de sinalização de segurança

A placa de sinalização de segurança é uma importante ferramenta de comunicação visual, utilizada para alertar o público quanto aos possíveis riscos no local, direcionar o fluxo de pessoas e organizar o espaço.

Através do uso desta ferramenta é possível reduzir os riscos de acidentes, evitar o pânico generalizado em situações de emergência e indicar as atitudes mais adequadas em momentos de urgência.

Afinal, estas placas são desenvolvidas para facilitar a identificação de saídas de emergência, rotas de fuga e áreas de risco, bem como a localização de extintores e demais equipamentos importantes.

As placas de sinalização não costumam ser muito grandes para não gerar um grande impacto visual no ambiente. Contudo, elas são chamativas e apresentam cores fortes que facilitam a visualização a distância, em locais escuros e até em meio à fumaça.

Existem diversos tipos de placa de sinalização de segurança:

  • sinalização de emergência;
  • sinalização de alerta;
  • sinalização de obrigação;
  • sinalização de proibição;
  • sinalização de conscientização;
  • sinalização de identificação de riscos.

Cada tipo de placa possui cores padronizadas que auxiliam na rápida identificação em qualquer ambiente e evitam confusões.

Placas fotoluminescentes

Como mencionamos, as placas de sinalização são chamativas e podem ser percebidas até em situações de pouca visibilidade, através dos modelos fotoluminescentes.

Estas placas são dispositivos com a capacidade de emitir brilho em locais com pouca ou nenhuma iluminação — devido ao efeito fotoluminescente —, orientando as pessoas e garantindo a leitura dos avisos durante situações de emergência ou ausência de energia elétrica.

A norma que estipula o uso das placas fotoluminescentes e determina seus requisitos mínimos é a ABNT NBR 13434.

A autonomia da placa fotoluminescente, ou seja, o tempo de funcionamento do sinal luminoso, deve ser de, pelo menos, 1.800 minutos. Já as cores emitidas devem ser amarelado esverdeado durante o período de autonomia e branco na falta de luz ambiente.

Quer saber mais sobre as placas fotoluminescentes? Confira nosso artigo clicando aqui! 

Quais normas abordam o uso de placas de segurança?

No Brasil, o uso das placas de sinalização de segurança é regulamentado e padronizado por algumas normas.

Confira as principais regulamentações que abordam o assunto:

  • NR-26: a Norma Regulamentadora 26 estabelece orientações quanto à sinalização de segurança, indicando o uso das cores como alerta acerca dos riscos existentes em locais de trabalho e estabelecimentos.
  • ABNT NBR 7195: esta norma estabelece as cores que devem ser utilizadas na prevenção de acidentes para identificar e comunicar sobre riscos.
  • ABNT NBR 16820: especifica os requisitos para projetos, fabricação, instalação e outros procedimentos para sistema de sinalização de emergência, prevenção e proteção contra incêndio e situações emergenciais.

Vale lembrar que as placas de sinalização de segurança são exigidas por lei em qualquer tipo de empresa, independente do setor e da quantidade de colaboradores.

As cores de segurança

Quando o assunto é placa de sinalização, não podemos deixar de falar sobre as diferentes cores utilizadas em cada tipo de placa.

Você sabia que as cores são padronizadas visando a transmissão de diferentes mensagens para o público que frequenta determinado espaço?

Confira o que significa cada cor:

  • Vermelho
    O vermelho é usado para identificar equipamentos de proteção e combate a incêndio, além de representar parada obrigatória e proibição.
  • Laranja
    A cor laranja indica perigo, sendo utilizada, por exemplo, em dispositivos elétricos e áreas de construção.
  • Amarelo
    O amarelo indica cuidado, e é usado em áreas de risco com presença de radiação, eletricidade, produtos tóxicos, entre outros.
  • Verde
    A cor verde representa segurança, e costuma ser utilizada para sinalizar a localização de equipamentos de primeiros socorros, além de orientar rotas de fuga e saídas de emergência.
  • Azul
    O azul indica avisos e ação obrigatória, como a necessidade de utilizar Equipamentos de Proteção Individual e impedir a movimentação de equipamentos.

Como você conferiu, as placas de sinalização de segurança desempenham um papel essencial nas empresas, contribuindo para o bem-estar de toda a equipe.

Dessa forma, na hora de implantar a sinalização de segurança no local de trabalho é preciso contar com um parceiro sério, que ofereça produtos de alta durabilidade e resistência.

Há mais de 30 anos no mercado da comunicação visual, o Grupo CB entrega as melhores soluções em sinalização de segurança para empresas de diversos segmentos.

As placas de segurança são fabricadas em impressão digital de alta resolução e seguem os padrões de cores estipulados pela NPT-020.

O Grupo CB produz placas em PVC, alumínio ou chapa galvanizada, utilizando apenas materiais com laudo técnico emitido pelo fabricante.

Entre em contato com a nossa equipe e solicite um orçamento de placas de segurança para o seu negócio. Consulte também as opções de placas de segurança fotoluminescentes.

Garantir a integridade e proteção de colaboradores e visitantes é um dos maiores desafios de uma empresa, independente de sua área de atuação. Nesse contexto, dispositivos como a placa de segurança se tornam indispensáveis para reduzir acidentes de trabalho, promover um ambiente mais seguro e garantir a proteção de todos.

No entanto, para aproveitar todos os benefícios que a placa de segurança oferece e garantir mais proteção à sua equipe, é necessário conhecer o que dizem as normas e instalar este dispositivo de maneira correta nos ambientes.

Se você tem dúvidas sobre como aplicar a sinalização de segurança de maneira adequada em sua empresa, confira no artigo de hoje tudo o que você precisa saber sobre placas de segurança.

O que é uma placa de segurança

As placas de sinalização de segurança fazem parte dos Equipamentos de Proteção Coletiva (EPC) e são utilizadas em diversos ambientes, tanto internos quanto externos, para estabelecer uma comunicação visual facilitada com as pessoas que circulam pelo local.

O uso da placa de segurança visa transmitir, de maneira otimizada, informações relevantes, orientando as pessoas em situações de emergência e instruindo quanto aos procedimentos mais seguros a serem adotados naquele ambiente.

Uma placa de segurança pode apresentar as seguintes informações:

  • indicar um setor;
  • orientar durante situações de emergência ou acidentes;
  • indicar a necessidade de uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI);
  • apontar rotas de fuga e saídas de emergência;
  • sinalizar equipamentos de emergência;
  • entre outras.

Considerando a grande importância das placas de segurança, elas se tornam dispositivos fundamentais dentro das empresas e em diversos outros espaços, principalmente em locais que concentram um maior fluxo de pessoas.

A Norma Regulamentadora 26

Agora que você já sabe o que são as placas de segurança, vamos apresentar a norma responsável pela regulamentação destes dispositivos.

A Norma Regulamentadora 26 (NR 26) – Sinalização de Segurança, normatiza as regras referentes à comunicação voltada para a segurança do trabalho dentro das empresas.

A NR 26 padroniza as cores e símbolos que devem ser utilizados nos locais de trabalho, a fim de identificar equipamentos de segurança, delimitar áreas, informar sobre riscos e preservar a segurança de todos que circulam pelo ambiente.

O objetivo é que através da padronização, esta norma possa auxiliar na transmissão de informações claras e de fácil entendimento que contribuam para a redução de riscos no local.

As principais cores delimitadas pela NR 26 são:

  • Vermelho: indica equipamentos de proteção e combate a incêndios.
  • Amarelo: significa “Cuidado!” e deve ser utilizado para sinalizar áreas de risco.
  • Branco: utilizado em faixas para indicar passarelas, corredores ou sentidos de circulação.
  • Preto: sinaliza a presença de canalizações de produtos inflamáveis e combustíveis de alta viscosidade.
  • Verde: caracteriza “segurança”.
  • Laranja: sinaliza possíveis ameaças.

Como fazer a sinalização de segurança

Garantir que as placas de segurança estejam de acordo com as regras da NR 26 é fundamental, porém, não é a única medida necessária.

Para que a sinalização de segurança seja eficiente, as placas devem estabelecer uma comunicação clara e objetiva, além de estarem posicionadas estrategicamente em locais com fluxo de pessoas e boa visibilidade, mesmo a distância, no escuro ou com a presença de fumaça.

É importante ressaltar que em casos de sinalização de áreas de risco e obstáculos, a placa de segurança deve se instalada de maneira a antecipar o perigo ao trabalhador, deixando claro os riscos que ele corre naquele ambiente.

Já as placas de incêndio devem estar posicionadas próximo a extintores e demais equipamentos de combate às chamas.

Porque a placa de segurança é importante

Investir em sinalização de segurança para a empresa representa muito mais do que se adequar à legislação e respeitar as obrigações trabalhistas.

As placas de segurança são um importante investimento que visa proteger os funcionários e garantir a integridade de todos que circulam pelo local.

Estes dispositivos oferecem diversos benefícios, como:

  • proporcionar mais tranquilidade no dia a dia das atividades;
  • reduzir acidentes de trabalho;
  • minimizar os riscos no ambiente laboral;
  • garantir o bem-estar dos colaboradores;
  • otimizar a atuação da equipe;
  • e muito mais!

Agora que você já conhece a utilidade e importância da placa de segurança, que tal contar com um parceiro para produzir a sinalização da sua empresa?

O Grupo CB confecciona placas de sinalização de segurança de alta qualidade e durabilidade, conforme a NPT-020 – Sinalização de Emergência do Corpo de Bombeiros.

Nossas placas de segurança são produzidas em PVC, alumínio ou chapa galvanizada, com opção de laminação para maior resistência e vida útil.

Entre em contato com nossa equipe e solicite um orçamento de placas de sinalização para a sua empresa.

Siga no Instagram